Envelhecimento da pele – Entenda o que causa e como retardar o processo

O envelhecimento é algo assustar à maior parte das pessoas, afinal, a perda da juventude nos leva a um dos dilemas que acompanha a humanidade à séculos: a morte. No organismo, o envelhecimento geral das células é o que faz transparecer a idade, principalmente, quando se trata das células da pele.

Esse processo de envelhecimento precoce é inevitável, mas pode ser controlado, conforme indicam os especialistas.

Uma pesquisa da Ibobe Conecta mostra, por exemplo, que 6 a cada 10 mulheres estão insatisfeitas com a pele do rosto,entretanto, a maioria delas diz adotar cuidados com a pele somente quando lembram, porque sentem prazer em fazê-lo. A atitude ainda é pouco para quem quer conservar a juventude.

como evitar envelhecimento precoce da pele

O que causa o envelhecimento da pele

O envelhecimento da pele  acontece por conta de um processo natural que ocorre em todo corpo. O que acontece é que as células que antes eram substituídas por novas deixam de ser renovadas, e portanto, acabam comprometendo a juventude.

Quanto mais velho a pessoa é, menor é a taxa de renovação celular que possui. Assim,na medida que o organismo inteiro se torna mais lento vários fatores que garantem uma pele jovem e bonita acabam sendo comprometidos.

Dependendo da genética e do estilo de vida que a pessoa possui as funções fisiológicas da pele podem diminuir em até 50% até os 50 anos de idade, conforme indica informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Desse modo, o envelhecimento da pele acaba dependendo de vários fatores que variam conforme cada pessoa – o que acaba tornando difícil dizer o quão envelhecida será a pele de alguém em cada faixa etária.

Mas ainda assim, um estudo comandado pela dermatologista Dr. Alexa Kimball em parceria com a marca Olay, fizeram um manual prático que determinam as principais alterações relativas ao envelhecimento da pele ao longo dos anos. São elas:

  • 20 anos – ocorre o declínio da produção natural de antioxidantes e na correta absorção de vitamina C. Por isso, é recomendado uma alimentação diversificada e que suplemente essas vitaminas. A pesquisa foi uma das pioneiras ao desvendar que o processo de envelhecimento do corpo começa aos 20 anos e não aos 30, como se acreditava antigamente.
  • 30 anos – há uma queda gradual na produção de colágeno – substância que ajuda a deixar a pele firme e lisinha. Para suplementar é recomendado a Colastrina,feita de colágeno hidrolisado. Além disso, o metabolismo se torna mais lento a partir dessa idade, por isso, pode ser recomendados uso de termogênicos naturais, nacinamida, aumento do consumo de vitamina B3 e uso de cremes para estimular a hidratação;
  • 40 anos – o tempo de vida das células começa a diminuir, acelerando o processo de envelhecimento da pele. Além das práticas de cuidados diários também podem ser necessários tratamentos estéticos mais intensos, como o uso de retinol ou ácido hialurônico.
  • 50 anos para mais – a pele perde a usa capacidade de se hidratar naturalmente e também passa a ter sofrer menos ação da vitamina D. Como métodos de prevenção ao envelhecimento recomenda-se uso de séruns manipulados.

>>> As rugas começam a aparecer a partir de que idade? Veja aqui!! <<

Veja no vídeo, abaixo, recomendações da Natura em parceria com o Dr. Drauzio Varella sobre como ocorre esse processo:

VEJA TAMBÉM: os 10 melhores tratamentos para rugas e linhas de expressão – Veja quais são!! 

Causas do envelhecimento da pele

Os estudos mostram que apesar do envelhecimento da pele ser inevitável por questões biológicas, cerca de 80% das causas desse processo são ligados à fatores externos. Entre eles, destacam-se as seguintes situações determinadas via estudos:

  • Exposição aos raios solares ultravioletas e raios UV;
  • Alteração dos níveis hormonais como testosterona, estrogênio, entre outros;
  • Estresse oxidativo capazes de alterar o ciclo de renovação celular;
  • Alto consumo de açúcar;
  • Exposição à poluição;
  • Exposição à substâncias tóxicas como tabaco;
  • Falta de oleosidade natural da pele, a qual previne a formação de rugas e linhas;
  • Uso de álcool que estimula a formação de radicais livres (exceto o vinho tinto);
  • Alimentação desequilibrada que pode fazer faltar nutrientes essenciais para a pele.

>> VEJA TAMBÉM:  5 principais causas das rugas e linhas de expressão <<

envelhecimento da pele como acontece

Características da pele envelhecida

As características da pele envelhecida são muito visuais, e podem ser definidas como:

  • Presença de rugas aparentes;
  • Presença de linhas de expressão;
  • Perda de elasticidade;
  • Perda de brilho;
  • Pintas e manchas causadas pela exposição solar;
  • Perda da uniformidade da tonalidade da pele;
  • Perda da hidratação natural.

 

7 dicas essenciais para retardar o envelhecimento da pele

O primeiro desafio para quem quer ter uma pele rejuvenescida e que te faça parecer alguns anos mais jovens é adotar uma rotina de cuidados diários – coisa que não é realizada por 36% das mulheres, segundo pesquisa da Avon.

envelhecimento da pele

A rotina de cuidados com a pele, segundo os especialistas, deve ser diária para surtir efeitos positivos no longo prazo. Por isso, a paciência é preciso predominar, já que os resultados mais intensos de seus cuidados poderão ser mais visíveis somente anos depois de iniciá-los.

Para te ajudar no que você deve fazer siga os passos que seguem baseado em orientações de pesquisas médicas sobre a prevenção ao envelhecimento  precoce da pele:

1 – Use produtos para corrigir imperfeições ainda jovem

derm clear clareador depoimentos

Se você nota que a sua pele falta oleosidade porque é muito seca ou então é cheia de cicatrizes decorrentes da acne ou ainda por manchas solares, então deve tratar o quanto antes.

Afinal, quando mais jovem você é maior é chance de conseguir bons resultados na redução dessas imperfeições. Depois, se não forem tratadas, acabarão contribuindo para uma aparência envelhecida da pele.

Um produto altamente recomendado é o Derm Clear, o qual te ajudará a controlar todos esses fatores e ainda contém fatores anti-aging (e promete ser bem mais barato do que a média de cremes anti-idade por aí). Veja aqui a avaliação completa do Derm Celar.

2 – Tenha uma alimentação equilibrada

A alimentação é a principal forma de obter nutrientes para o organismo todo, inclusive para a pele. Para evitar o envelhecimento geral do seu corpo é preciso que tenha diversidade de nutrientes e que não faltem antioxidantes, anti-inflamatórios naturais e vitaminas (principalmente a A, C, D, E e as do complexo B).

Na reportagem do El País você confere alguns alimentos que podem te ajudar nessa função. Entre eles se incluem a cenoura, aveia, alimentos ricos em fibras e hipervitamínicos. Já o da lista de evitáveis se incluem xarope de agave, manteiga, alimentos açucarados e gordurosos.

3 – Comece a usar colágeno a partir dos 30 anos de idade

A partir dos 30 anos de idade há uma queda de 1% ao ano na produção natural de colágeno, por isso, para garantir uma pele resistente e nada flácida no futuro é fundamental que suplemento com colágeno  hidrolisado.

>> Dicas para clarear manchas – Tudo o que você precisa saber sobre! <<

4 – Hidrate-se                                

A hidratação da pele é fundamental para evitar o aparecimento de rugas e linhas de expressão. Além disso, um organismo devidamente hidratado estimula o correto funcionamento de todo o corpo, inclusive, evitando a formação de radicais livres que são substâncias fundamentais no processo de envelhecimento da pele.

5 – Use protetor solar sempre

O protetor solar precisa ser um hábito diário na vida de qualquer pessoa que queira um efeito rejuvenescedor, pois é a melhor forma de se proteger dos raios solares que causam manchas e aceleram o envelhecimento das células epiteliais.

O fator correto também precisa ser averiguado. Quem possui mais melanina na pele geralmente costuma precisar de FPS menores, enquanto quem tem menos precisa proteger-se mais contra a radiação solar.

6 – Pratique exercícios físicos

Colocar o corpo em movimento é fundamental para o correto funcionamento do organismo. Afinal, já é comprovado que o sedentarismo está envolvido no aumento da vulnerabilidade de uma série de doenças e que também possui efeitos no envelhecimento geral do organismo.

7 – Adote hábitos saudáveis

O envelhecimento de alguém se define muito pelos hábitos de vida que adota. O estresse excessivo, ansiedade e exposição à doenças emocionais aumentam a oxidação celular e o processo de envelhecimento da pele e dos órgãos como um todo.

Vícios também precisam ser regulados, sobretudo o uso de álcool e tabaco – dois grandes violões da juventude da pele.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply