Como Funciona o Jejum Intermitente? Benefícios e Contraindicações

O jejum intermitente não é um tipo de dieta, mas é uma peça chave para emagrecer. Além de mudar a forma física, ele pode aumentar também a qualidade de vida de quem o pratica. Todos as pessoas passam pelo jejum, pelo menos enquanto estão dormindo. A maioria delas acorda e come logo em seguida, não sabendo que podem prolongar esse período até o momento que preferirem.

Ao contrário do que muitos acreditam, o café da manhã não é tão necessário o quanto a indústria nos faz acreditar. Nessa matéria vamos abordar tudo sobre a prática do jejum intermitente. O que é, como funciona, contraindicações e quais os seus benefícios.

O que é o Jejum Intermitente

Enquanto uns gostam de se alimentar, outros não sentem tanta fome assim e deixam passar algumas horas até que façam alguma refeição. Por muito tempo acreditou-se que o hábito de comer logo depois de acordar era necessário e saudável. Mas estudos tem mostrado que não é bem assim.

intermitente como funciona

O Jejum intermitente já existe há anos. Acreditava-se que a prática era benéfica e poderia até mesmo ser a cura para várias doenças. Por esse motivo, é amplamente praticado em algumas religiões e templos até hoje.

Ele combate as duas principais causas da obesidade e dificuldade de perder peso, que são: resistência à insulina e a própria insulina.

Por se tratar de jejum, não se deve comer durante o intervalo de tempo necessário. Algumas bebidas como água, chás e café sem açúcar são liberadas sem arruinar o sucesso do procedimento. Deve-se evitar também adoçantes, sejam eles calóricos ou não. Isso porque odem aumentar a insulina no sangue.

Tipos de Jejum

Existem jejuns de diversos tipo, ou melhor dizendo, tempos de duração. O mais comum de todos e que a maioria das pessoas pratica, mesmo sem saber, é o de 12 horas. Elas comem seu jantar e passam a maior parte do tempo dormindo para então tomar o café da manhã. Se essa janela entre uma refeição e outra é de 12 horas ou mais, elas estão inclusas no jejum. Porém, para o emagrecimento ele não é o mais eficaz.

Se você visa a perda de peso, é melhor é seguir algum dos métodos abaixo:

Jejum de 16 horas

Todas as refeições do seu dia devem ser feitas em uma janela de tempo de 8 horas. Como o próprio nome já sugere, é preciso ficar 16 horas sem comer. O pico de insulina no sangue vai continuar baixo por muito mais tempo, levando ao emagrecimento. Ele também é conhecido como 16/8.

Jejum de 18 horas

Também conhecido como Dave Asprey esse modelo estende ainda mais a baixa de insulina no sangue. Porém é um pouco mais difícil de ser realizado, considerando que a pessoa terá que ficar 18 horas sem se alimentar.

Jejum de 24 horas

Ao contrário do que as pessoas pensam, não é preciso ficar um dia todo sem comer. Porém, só é realizada uma refeição ao longo de todo o dia, que deve ser feita no mesmo horário do dia anterior. É um método bastante comum e indicado.

beneficios jejum intermitente

Benefícios

Ao contrário do que muitos acreditam, o jejum intermitente não faz com que as pessoas queimem massa muscular, mas sim a gordura em excesso do organismo. Ele pode até mesmo promover a saciedade e aumento do metabolismo.

O controle da glicose é maior, ficando mais estável e fazendo com que o corpo aumente a sensibilidade à insulina. O poder da corpo sobre os níveis de glicose no organismo da prática é alto o suficiente, que pode até mesmo reverter a diabetes do tipo 2.

Estágios do Jejum Intermitente

O Jejum intermitente passa por 5 estágios no corpo humano, veja:

  1. jejum emagreceO primeiro estágio começa com o organismo queimando a glicose que é adquirida através dos carboidratos consumidos. É importante lembrará que nessa fase o corpo queimará o açúcar do corpo e não a gordura;
  2. No estágio 2 e 3 o glicogênio do corpo proverá todo a glicose necessária. Enquanto ainda há o metabolismo da substância, órgãos como o fígado e músculos já começam a queimar a gordura;
  3. Acaba-se a reserva de glicogênio. O corpo inicia um processo chamado de gluconeogêneses para produzir a substância para o cérebro, medula e glóbulos vermelhos. Enquanto isso, o restante dos corpo já está todo queimando gordura corporal.
  4. O cérebro passa a queimar gordura e os glóbulos vermelhos passam a consumir pouquíssima glicose, a qual a demanda é facilmente suprida pelo próprio corpo.

Contraindicações

Apesar dos seus benefícios, grávidas, crianças,idosos ou diabéticos que usam medicamentos hipoglicemiantes devem evitar a prática do jejum intermitente. Pessoas que praticam atividade física também devem se alimentar para evitar a baixa de glicose no organismo – a hipoglicemia.

Não é recomendado cortar até mesmo a água ao longo do dia. Apesar de estar praticando o jejum, é preciso manter-se hidratado. Isso porque todos os procedimentos do organismo necessitam de água para acontecer.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply